Nós criamos

seu site

de advocacia,de doação,de vendas,de empresa,de projeto,de portfólio

Nós criamos

seu site

de advocacia,de doação,de vendas,de empresa,de projeto,de portfólio

Wallets: o que é, quais os tipos e como cadastrar para receber doações em criptomoedas

por | Atualizado em 4 de maio de 2022 | Notícias

Se você não é um expert no mundo das criptomoedas ou um especialista em pagamentos digitais deve estar se perguntando o que significa essa tal de wallet? Mas, fique tranquilo, neste post vamos explicar didaticamente o que significa wallet e como cadastrar wallets para receber doações em criptomoedas.

Wallet ou carteira, traduzindo para o português, pode ter várias aplicações e usos, seja na forma de carteiras digitais, carteiras de criptomoedas, carteiras físicas e outros tipos que vamos explicar mais adiante.

O que é uma wallet?

Wallet nada mais é do que a tradução de carteira do inglês e que na era dos pagamentos digitais se popularizou com a sua vasta aplicação tanto para expandir os meios de pagamentos como também para guardar criptomoedas. Também chamada de e-wallet ou carteiras digitais são utilizadas para efetuar pagamentos online em lojas virtuais, aplicativos e transações em criptomoedas.

As carteiras digitais mais conhecidas são o Google Pay, PayPal, Visa Checkout, PagSeguro, PicPay e o Apple Pay. Nelas é possível adicionar meios de pagamentos como cartões de débito e de crédito e realizar pagamentos utilizando o seu celular. A vantagem desse tipo de carteira digital é a facilidade, praticidade e segurança, já que é possível realizar pagamentos sem ter que digitar todos os dados do seu cartão, já que essas informações estão gravadas na carteira digital.

Mas foi no mundo das criptomoedas que o termo wallet se popularizou. Wallet se tornou sinônimo de carteiras de criptomoedas e a sua função é armazenar os criptoativos dos investidores e para acessar é necessário uma chave privada que garante a segurança da wallet.

Continue lendo

Wallets

Leitura complementar

As carteiras não são carteiras

Fonte: A Internet do dinheiro

Em se tratando de bitcoin, todos os termos metafóricos são errados e falhos. Vamos repassar a lista. Você provavelmente esbarrou neles ao se envolver com a tecnologia de Bitcoin e descobrir toda uma terminologia. Primeiro de tudo, uma “carteira”. O que é uma carteira? Uma carteira é algo que armazena dinheiro. Não em Bitcoin. O dinheiro não está na carteira; o dinheiro está na rede. A carteira contém chaves. Então, não é uma carteira; é um chaveiro.

Como você pode dizer que não é uma carteira? Você pode copiar uma carteira? Não. Mas você pode copiar uma chave. Um chaveiro é uma metáfora muito melhor. Se eu tenho um chaveiro — imaginar um grande anel de chaves como um faxineiro ou um depositário —, eu tenho um monte de chaves e posso entrar em uma loja, posso ter todas essas chaves duplicadas e posso criar um segundo chaveiro. Ambos os chaveiros funcionarão indistintamente em todas as fechaduras que o chaveiro original funcionou.

Como funciona um chaveiro? Se você entende o que faz um chaveiro, então você vai entender como funciona uma carteira Bitcoin. Você pode copiá-la, você pode fazer cópias das chaves. Se você dá a alguém uma cópia da chave, essa pessoa pode também abrir a porta. Sem precisar de outra permissão sua para fazer isso.

Então, uma carteira não é uma carteira; é um chaveiro. Essa é uma metáfora terrível. Você tem expectativas de que vai fazer uma carteira. Ela irá guardar coisas. E que o conteúdo ficará escondido e numerado. Nada disso existe no Bitcoin.

Tipos de wallets

As wallets ou carteiras podem se subdividir em tipos diferentes de acordo com a sua natureza ou aplicação. As carteiras digitais são chamadas de e-wallet e já são amplamente utilizadas como meios de pagamentos em aplicativos e lojas virtuais. Já as wallets de criptomoedas são subdivididas em hot wallets e cold wallets, veja as diferenças abaixo:

E-wallet

O e-wallet ou carteira digital é um serviço para realizar pagamentos digitais que armazena os dados do seu cartão de crédito ou de débito para serem utilizados de forma virtual, ou seja, sem a necessidade de sua presença física. Muito útil para realizar pagamentos em e-commerces e aplicativos como o Ifood, por exemplo, essa modalidade de pagamento é cada vez mais utilizada. Segundo o Serasa cerca de 60% das classes A, B e C já utilizam algum tipo de carteira digital ou
e-wallet.

E-wallet
Hot wallet

Hot wallet

Ao contrário da cold wallet, os hot wallets ou “carteiras quentes” são carteiras digitais que sempre estão conectadas à Internet e ao blockchain. São utilizadas para armazenar as chaves privadas de criptomoedas e são salvas por meio de palavras-chave que precisam ser guardadas com segurança pelos usuários.

Esse é o tipo de wallet mais utilizado atualmente por quem faz transações por criptomoedas e é considerado muito seguro desde que se tome as devidas precauções no armazenamento de suas palavras-chave e no backup de suas informações.

As hot wallets podem funcionar de duas maneiras: as carteiras web podem ser acessadas diretamente do seu browser como a Brave Wallet; já as carteiras móveis por meio de um aplicativo instalado no seu computador ou smartphone, como é o caso da Exodus. As mais conhecidas são a Exodus, Electrum, Bitcoin Wallet e Núcleo de Bitcoin.

Cold wallet

Cold wallet ou “carteira fria” consiste nas carteiras digitais que não são conectadas na internet e, por isso, proporcionam mais segurança contra ataques e invasões hackers. Atualmente existem dois tipos de cold wallet: a hard wallet e a paper wallet.

Cold wallet

Hard wallet

Essa modalidade de wallet, ainda pouco conhecida do público em geral, consiste no armazenamento de chaves privadas de criptomoedas como o Bitcoin, por exemplo, em um dispositivo sem conexão com a Internet. O seu objetivo é aumentar a segurança de quem faz transações por criptomoedas e não quer que suas chaves sejam roubadas por hackers.

As hard wallets são consideradas seguras pois para executar qualquer transação é necessário apertar um botão físico de um hardware para que a transação seja realizada. Os Holders de criptos adotam esta forma para armazenar com segurança um ou vários cripto ativos. Fáceis de transportar e de esconder grandes valores até mesmo fora de um cofre. Além disso, possui um recurso de recuperação da carteira no caso de roubo ou perda da hard wallet.

O ponto negativo desse tipo de wallet é o custo, já que um dispositivo deste pode custar entre R$300 e R$1.000 reais, dependendo da marca e modelo. Os mais conhecidos são o Ledger Nano S, KeepKey e Trezor.

Paper wallet

A paper wallet ou “carteira de papel” é um tipo de carteira que não é conectada na internet e também é chamada de cold wallet. Ela é utilizada por quem precisa guardar uma grande quantidade de dinheiro em criptomoedas. Pelo fato de não estar conectada à internet, ela se torna uma opção para quem pretende deixar o seu ativo longe dos hackers. Mas também contém riscos como a perda e o roubo. Por isso, recomenda-se o seu armazenamento em cofres ou locais controlados.

O seu funcionamento pode ser aplicado para qualquer criptomoeda que utilize uma blockchain. A partir de um software off line, é possível gerar um seed (endereço privado), que armazenará os dados da paper wallet de forma criptografada. Dessa forma, a sua paper wallet é criada sem nenhum contato com a Internet.

Como escolher a melhor wallet de acordo com suas necessidades?

Para quem está iniciando no mundo das criptomoedas é normal surgir algumas dúvidas na hora de escolher a wallet ideal para você armazenar as chaves das suas criptomoedas. Para ajudar nesta escolha, o pessoal da Bitcoin.org criou um sistema que auxilia na escolha da melhor wallet de acordo com o seu dispositivo, sistema operacional, nível de conhecimento e outras variáveis.

É muito simples utilizar o sistema, basta escolher uma das opções apresentadas e seguir para o passo seguinte. Após 4 passos o sistema irá lhe apresentar qual a melhor wallet de acordo com o seu perfil e escolhas feitas pelo próprio sistema.

Como abrir uma wallet na Exodus?

Uma das wallets mais populares entre os investidores em criptomoedas é a Exodus. A sua facilidade de uso, inovações e segurança fizeram com que ela se tornasse uma das hot wallets mais famosas do mercado. Para utilizá-la é necessário fazer o download do aplicativo no caso de desktops ou fazer a instalação por meio da Play Store ou da Apple Store no caso de dispositivos mobile.

Um dos motivos de sua popularização é o fato de ser uma wallet gratuita e também por suportar transações em mais de 100 criptomoedas diferentes. Na questão técnica, o seu diferencial é a possibilidade de trocas integradas de criptomoedas, sincronização entre desktop e mobile e segurança de hardware.

Como instalar o Exodus?

Ao acessar o site da Exodus você verá um botão de download no topo direito da página. Para instalar o aplicativo da Exodus basta clicar no botão “download” e seguir os passos indicados. Veja o passo a passo abaixo:

  1. Acesse o site: https://www.exodus.com/;
  2. Clicar em “Download”;
  3. Faça o download do aplicativo de acordo com o seu dispositivo (Desktop ou Mobile);
  4. Escolha a versão desejada;
  5. Clique em Salvar arquivo.
Para concluir a instalação é necessário clicar no arquivo baixado para que ele seja instalado no seu desktop ou mobile. Pronto, a sua wallet da Exodus já está pronta para ser utilizada.
Exodus

Como obter a credencial da wallet do Exodus

A credencial nada mais é do que uma chave que vai permitir que você faça a transferência de criptomoedas para a sua wallet, seja a partir de uma exchange ou do sistema de doação como vamos explicar mais abaixo. Veja os passos abaixo para obter a sua credencial ou token pela Exodus.

  1. Entre no aplicativo instalado;
  2. Clique no ícone de carteira (wallet);
  3. Escolha a criptomoeda desejada;
  4. Clique em receive(receber);
  5. Copie a credencial ou token fornecido pela Exodus.

Como fazer backup ou restaurar a wallet da Exodus

Após a criação da sua wallet e inserção de qualquer ativo nela é importante fazer o seu backup. Para isso siga os passos abaixo:

  1. Clique no ícone de configurações;
  1. Selecione a opção backup no menu;
  2. Digite uma senha;
  1. Confirme a sua senha;
  2. Aparecerá uma sequência de 12 palavras;
  1. Imprima ou salve em um lugar seguro no seu computador;
  1. Cheque as suas palavras e clique em finalizar.
Para restaurar a sua carteira em outro dispositivo basta clicar no botão “Restore from Backup” e inserir as 12 frases impressas anteriormente. Esse processo garante a segurança da sua wallet e impede que terceiros acessem a sua carteira.

Como inserir a sua credencial ou token no GiveWP

Para quem possui sistema de doação online no site pelo GiveWP e vai receber doações em criptomoedas, fique atento a esse tópico para inserir as credenciais ou token.

O primeiro passo é instalar o plugin de integração de criptomoeda no GiveWP para que a opção de doação por criptomoeda fique habilitada dentro do GiveWP. Após a instalação do plugin é necessário configurar e inserir a credencial conforme o passo a passo abaixo:

  1. Acesse o painel administrativo do seu WordPress;
  2. Clique em “Doações”;
  3. Clique em “Configurações”;
  4. No alto da tela clique em “Gateways de pagamento”;
  5. Procure e clique por “Criptomoedas”;
  6. Insira a credencial ou token obtida no seu wallet preferido.
Obs: É possível receber doações por meio das criptomoedas como Bitcoin, Ethereum e Waves.

Como cadastrar uma wallet no Brave?

O Brave Wallet também é uma hot wallet que funciona de forma nativa diretamente no seu navegador, diferentemente de outras wallets que necessitam da instalação de uma extensão para o navegador. Por isso, ela exige menos a utilização da CPU e um menor risco de invasões, phishing e outros golpes. Por outro lado, só é possível utilizar a Wallet Brave em dispositivos mobile, ao contrário da Exodus.

Para começar basta instalar o navegador Brave no seu celular por meio da Play Store ou Apple Store. Depois siga os passos abaixo:

  1. Clique no menu e vá até até a opção “carteira”;
  2. Escolha primeiros passos se for o primeiro acesso;
  3. Coloque uma senha e repita no campo abaixo;
  4. Clique em continuar;
  5. Faça o backup de sua carteira por meio das 12 palavras;
  6. Anote ou copie em um lugar seguro;
  7. Verifique a frase de recuperação;
  8. Clique em confirmar.
Brave

Soluções para doações por criptomoedas

A Link Nacional é uma Companhia especialista em sistemas de doação online e inovou no mercado ao oferecer o plugin de integração do Give Cryptocurrency Bitcoin para recebimento de doações em criptomoedas. Então se a sua Instituição quer entrar na vanguarda das criptomoedas venha conhecer as soluções para pagamentos e doações online da Link Nacional, entre em contato.

Doação

Criar Site de Doação Internacional

Jornalista formado pela Unesp, com pós-graduação pela UFSC e passagens por agências de publicidade de Ribeirão Preto. Editor de conteúdo web e mestre SEO da Link Nacional.
5 3 votes
Vote no Artigo
guest
Por favor entre com seu nome completo
Digite um endereço de email válido para uma possível notificação de retorno.
Número de whatsApp para eventual notificação de resposta.
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimos Web Stories

Últimas postagens

Satoshi Nakamoto: mito ou realidade?

Satoshi Nakamoto: mito ou realidade?

Satoshi Nakamoto é um misterioso codinome do criador do Bitcoin, existem muitas especulações sobre a sua identidade, afinal, quem é Satoshi Nakamoto?