FB
Grátis domínio, hospedagem e e-mail!

Como rankear no Google? Saiba como deixar seu site na SERP

por | 18/04/23 08:16 | Marketing digital, Google

O Google é a ferramenta de busca mais conhecida e usada ao redor do mundo. E, devido a essa dominância em relação aos demais buscadores, ele é também uma das principais plataformas para a realização de ações de marketing digital, pensando na captação de clientes.Por isso, trabalhar para que as páginas ou os blog posts apareçam o máximo possível como respostas às buscas deve ser a finalidade de qualquer projeto que aspire conseguir aumentar o seu público. Mas para rankear no Google é preciso fazer por onde, ou seja, é preciso merecer. Este merecimento consiste em realizar um bom trabalho, que supere o de toda uma concorrência feroz e igualmente ávida por atrair mais pessoas e fazê-las clientes.Então, para falar um pouco melhor como realizar este trabalho e, a partir dele, conseguir rankear no Google, nós preparamos este texto. Leia este artigo até o final, para ver quais passos seguir a fim de alcançar bons posicionamentos no maior motor de buscas da internet.

Continue lendo

Como rankear no Google? Saiba como deixar seu site na SERP

O que é rankear no Google?

rankear significa classificar, ordenar com base em critérios determinados. No caso dos motores de busca da internet e mais especificamente falando do Google, o ranqueamento refere-se a uma ordenação na apresentação das páginas, a cada pesquisa realizada.

Grosso modo, toda vez que uma pessoa faz uma pesquisa no Google a respeito de um assunto, ele apresenta uma série de páginas listadas. Esta lista de páginas é o ranqueamento; de modo que a primeira página da lista (a página do topo) é aquela julgada como mais importante, a segunda página da lista é a segunda mais importante e assim por diante.

Por isso, todo o trabalho de quem produz conteúdo para este buscador é feito no sentido de que este conteúdo apareça nas primeiras posições. Pois um bom posicionamento, mais do que apenas ser considerado importante, é a garantia de ser notado, visto pelas pessoas. E, se mais pessoas veem o título do seu conteúdo, maiores são as chances de parte delas clicarem no link, entrarem na página, saírem da página para o seu site e, nele, possivelmente, comprar algum produto ou entrar em contato

Na hora da classificação, o Google utiliza critérios como relevância e atualização do conteúdo, links, velocidade de carregamento da página e compatibilidade com dispositivos móveis para definir quais páginas vão responder melhor o questionamento do usuário.

Como funciona o ranqueamento no Google?

Para organizar e exibir os melhores resultados aos usuários, o Google tem seu funcionamento separados em algumas etapas:

Indexação

Todas as páginas são adicionadas e classificadas no banco de dados do Google;

Processamento

Identifica o termo de busca que o usuário procura e processa no banco de dados todo o material que possa ser útil para responder essa dúvida;

Classificação

Classifica quais são as melhores páginas e exibe elas ao usuário.

O que é a SERP?

A SERP (Search Engine Results Page, ou em português, página de resultados do mecanismo de pesquisa) é a página de resultados na qual as páginas dos sites são apresentadas, seguindo uma ordem de classificação, sempre que é feita a busca por algum assunto. Os produtores de conteúdo disputam entre si a melhor colocação possível na SERP, na página de resultados do Google. E quando usamos o termo “melhor colocação”, estamos nos referindo a pelo mesmo as 10 primeiras posições.

Primeiros resultados dos links pesquisados

Na verdade, nesse ponto, temos que considerar que as pessoas iniciam suas pesquisas (ou seja, clicam nos links) de cima para baixo, isto é, começam considerando as primeiras páginas apresentadas pelo Google. E geralmente, esses primeiros resultados já as satisfazem; de maneira que as demais páginas são desconsideradas. Por esta razão existe uma competição ferrenha por conseguir os posicionamentos do topo do ranking.

Outro ponto a ser levado em conta, é que de certo modo e até de forma inconsciente, os usuários também consideram as primeiras páginas do ranking como as melhores, as mais confiáveis, as que possuem a solução para o seu problema. Por isso mesmo eles acabam se conformando com elas e, raramente, procuram olhar as de posições mais baixas.Para corroborar essa tese, segundo um estudo feito pela Sistrix, em 2020, o primeiro resultado orgânico de uma pesquisa no buscador tem uma taxa média de cliques de 28,5%. A empresa analisou mais de 80 milhões de palavras-chave e diversos resultados de pesquisa para compreender como os usuários interagem nas páginas de resultado do Google (SERPs).A partir da segunda posição a taxa de cliques cai consideravelmente, observe no gráfico abaixo:
Infográfico taxa de cliques conforme a posição na SERP

Posição zero no Google

Dentro da SERP, há o que chamamos de posição zero. Trata-se de uma caixa, conhecida também como Featured Snippets, exposta acima do primeiro artigo posicionado na página de resultados. Nessa caixa, o Google exibe a página que responde de forma mais clara e objetiva a dúvida do usuário.Alcançar essa posição evidencia a relevância do seu conteúdo para o usuário e para o Google. Além disso, o site também ganha autoridade referente ao assunto do conteúdo e consequentemente recebe mais visitas.

Como rankear no Google?

Uma das estratégias de marketing muito utilizada por diversas empresas e blogs independentes é o SEO, que em português significa otimização para os motores de busca.

O objetivo do SEO é produzir conteúdo que ajude o usuário e, ao mesmo tempo, o conecte com a empresa. Sendo assim, quanto mais conteúdos um site conseguir rankear no Google, maior será o público que ele irá atrair e melhores serão seus resultados. Para produzir páginas que apareçam nos resultados do buscador, confira estas dicas!

Indexação no Google

O primeiro passo para que o buscador encontre seu conteúdo é indexá-lo na ferramenta.

Normalmente, a indexação natural costuma demorar. Uma solução para isso é utilizar a ferramenta Google Search Console (GSC), basta copiar a URL da página que você deseja cadastrar no Google e colar no GSC para ver todos os detalhes. A ferramenta irá identificar que a URL não está disponível e a partir disso é possível fazer uma solicitação que agilizará o processo.

Google Search Console

Usabilidade e velocidade

Usabilidade e velocidade
Para que uma página tenha um bom resultado na SERP é preciso se atentar a sua usabilidade e velocidade, afinal ninguém gosta de clicar em página e ela demorar para carregar ou não estar otimizada para o mobile.

Para atender os critérios referentes à usabilidade é preciso que o seu site seja otimizado para o mobile. Já para verificar a velocidade é possível utilizar ferramentas como o Google PageSpeed Insights, Extensão do Lighthouse e também consultar o Google Search Console.

Pesquisa de palavras-chave

Após cuidar de aspectos técnicos, vamos ao conteúdo de fato. Para que um artigo apareça como resposta a uma dúvida de um usuário, ele precisa estar otimizado para uma palavra-chave.

O primeiro passo para a otimização de um texto é a pesquisa de palavra-chave. Antes de criar um conteúdo, identifique o principal termo usado pelas pessoas para pesquisar sobre aquele assunto no Google. Então construa o seu texto com base nesse termo, nessa palavra-chave. Além disso, também é importante que a palavra-chave apareça em outros elementos como alt-text de imagens, títulos, subtítulos, meta-descrição, etc.

Dica: para se aprofundar no tema e compreender como produzir um conteúdo otimizado para os mecanismos leia o artigo: Como produzir um texto otimizado para SEO

Infográfico ferramentas para pesquisar palavras-chave

Produção de conteúdo

A incorporação de palavras-chave é importante, mas o conteúdo também deve preencher outros requisitos. Um deles é a qualidade. E por qualidade estamos nos referindo a fatores como:

Clareza da escrita

Os textos precisam ser fáceis de ler, devem estar sem qualquer erro.

Experiência do usuário

Diz respeito à organização geral da página; a fim de que o usuário, além de conseguir apreender a mensagem facilmente, tenha uma experiência visual agradável.

Profundidade do texto

O texto precisa abordar os assuntos de maneira profunda, para resolver de fato um problema. É bom sempre evitar textos que tratam do assunto de maneira rasa, superficial
Outro ponto fundamental é a originalidade do conteúdo. Neste ponto é necessária muita atenção porque um conteúdo não original, ou seja, um conteúdo plagiado sofre penalidades do Google, prejudicando nesse caso todo o domínio do site.

Otimização de URL

Além de ter um conteúdo otimizado, outro ponto para se atentar é a URL. Ela deve seguir uma estrutura simples e com a palavra-chave incorporada. Coloque o slug (URL) como a palavra-chave principal separa por um hífen. Isso torna o link da página amigável e mais fácil de rankear no Google.

Dados estruturados

Os dados estruturados são uma forma do Google entender o conteúdo da página e exibir a informação de maneira mais útil. Por exemplo, artigos que contenham respostas para perguntas frequentes, podem aparecer na SERP com caixinhas de FAQ.
Pessoas também pesquisaram Google

No entanto, o processo para ganhar uma caixinha como essa não é automático. Para isso, é preciso que o programador do seu site use o Schema para criar as devidas marcações nos códigos das suas páginas.

Dica: para entender melhor como funcionam os dados estruturados, acesse a documentação do Google.

Entenda como rankear no Google Meu Negócio

Um outro recurso que ajuda uma empresa a se posicionar na SERP é o Google Meu Negócio. Trata-se de uma ferramenta que reúne diversas informações. Nela, ficam disponíveis para os usuários dados como localização, horário de funcionamento, produtos, serviços, fotos e promoções.

Quando uma empresa tem o perfil cadastrado na ferramenta, ela pode aparecer destacada na página de resultados do buscador. Desta forma, quando um usuário pesquisa por uma empresa ou serviço para saber se é confiável ou por qualquer outro motivo, ele obtém em único quadro seu endereço, suas avaliações, site, redes sociais, etc.

Link Nacional pesquisa Google
Algumas dicas para melhorar o posicionamento da ficha do Google Meu Negócio no buscador são:
Ter todas as informações (nome, endereço, telefone, serviços, horário de atendimento, descrição da empresa, data de inauguração e segmento de atuação) preenchidas;
Publicar fotos regulamente
Responder as avaliações
Cadastrar os produtos e/ou serviços
Publicar conteúdo regularmente

Como melhorar o ranking no Google?

Caso você já tenha um perfil no Google Meu Negócio e pratique todas as ações recomendadas anteriormente e mesmo assim esteja tendo dificuldades para se posicionar na SERP, há algumas ações que podem ajudar a melhorar seu posicionamento.

Primeiramente, sempre é bom se manter informado sobre as atualizações do Google, pois às vezes uma atualização de algoritmo pode prejudicar seu desempenho e impactar nas diretrizes de produção de conteúdo. Para se manter antenado, tenha o hábito de ler a documentação do Google e blogs com conteúdo sobre SEO.

Outra dica é realizar um content pruning, ou seja, uma poda de conteúdos. Esta estratégia consiste na remoção de conteúdos sem valor de seu blog, colocá-la em prática melhora a experiência do usuário, distribui autoridade, melhora a indexação, diminui o tempo de rastreio e consequentemente ajuda no seu ranqueamento.

Atualizar conteúdos também é uma boa técnica para melhorar o posicionamento, muitas vezes é possível acrescentar novos dados em artigos desatualizados e melhorar o ranqueamento na SERP.

Métricas para acompanhar

Além de saber como rankear um site e suas páginas, é preciso saber como avaliar se as estratégias estão fazendo efeito, por isso é muito importante acompanhar algumas métricas. Alguns dados importantes para analisar são:

Usuários orgânicos

São as pessoas que chegam até seu site por meio de páginas de conteúdo posicionadas naturalmente na SERP. Se o número de tráfego orgânico aumentar, isso significa que seu site está conseguindo se posicionar nas primeiras páginas e atraindo mais pessoas;

Tempo de permanência na página

Essa métrica diz respeito a quanto tempo um usuário permanece em uma página. Por meio dela, é possível compreender como está a otimização da página, velocidade de carregamento e qualidade de conteúdo, afinal tudo isso contribui para que o usuário fique mais tempo no site;

Taxa de Clique (CTR)

O CTR mostra o total de cliques que uma página teve em relação ao número de impressões (exibição do link). Sendo assim, quando o número desse dado está alto isso significa que a meta descrição e o title tag estão bem otimizados, já quando o CTR está baixo, é bom alterar o título e descrição da página para convencer o usuário a clicar.

Ferramentas que podem ajudar

rankear páginas no Google é um trabalho complexo, que muitas vezes envolve toda uma equipe de SEO, por isso sempre é bom ter ferramentas que auxiliem esse trabalho. Abaixo listamos algumas, veja:
  • Google Analytics: trata-se de uma plataforma gratuita do Google que monitora os dados de um site. Ele é instalado por meio de um código de acompanhamento. Nele, é possível acompanhar todas as métricas citadas acima;
  • Google Search Console: no GSC é possível verificar o status de indexação das páginas de um site, além de oferecer outros dados como tráfego de pesquisa, relatório de links e relatório de experiência na página;
  • Google PageSpeed: é possível testar a velocidade do site;
  • Domain Health Report: por meio dessa ferramenta é possível detectar problemas críticos de um site como blacklist, servidor de e-mail e servidor web e DNS;
  • Plugin WPtouch: é um plugin para o WordPress que torna o site compatível com o mobile.

Soluções de Marketing Digital

Se você precisa melhorar o ranqueamento do seu site, conte com as nossas soluções. Venha conhecer os nossos serviços de Marketing Digital, nós trabalhamos com base em um planejamento estratégico para impulsionar o posicionamento da sua marca. Clique no banner abaixo e venha conhecer melhor as nossas soluções.

Soluções para

Marketing digital

Redação: Brenda Ponciano
Uma jornalista que viu nessa profissão a possibilidade de desbravar sua curiosidade por meio de diferentes matérias. Entusiasta da produção de conteúdos otimizados, é comprometida em produzir textos que sanem todas as dúvidas dos leitores.
5 1 vote
Vote no Artigo
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Como migrar site de hospedagem

Como migrar site de hospedagem
Captar recursos para ONGs
Captar recursos para ONGs
Como construir site para eventos?
Como criar sites para eventos?

Modelos de landing pages

Exemplos de landing page de sucesso

Por que investir em um site?

Por que ter um site: uma presença online é essencial?

A trajetória do bitcoin

Formulários GiveWP: aprenda como personalizá-los

Últimas postagens

Como transferir hospedagem de sites?

Como transferir hospedagem de sites?

Está insatisfeito com sua hospedagem de sites atual? É hora de considerar uma migração! Transferir hospedagem de sites pode parecer assustador, mas, com as...

Como criar site para eventos?

Como criar site para eventos?

Anda se perguntando como criar site para eventos? Atualmente, com a crescente importância da presença online, ter um site dedicado ao seu evento é essencial...