Ao contrário do que todos pensam, o cPanel não é gratuito, e é por isso que muitos gerentes de infraestrutura de servidores buscam uma alternativa para um painel cPanel grátis. As opções para o painel cPanel grátis pode ser complicado e difícil de analisar por conta própria, por isso elaboramos uma análise abrangente de alguns painéis gratuitos. Pretendemos orientá-lo nas possíveis alternativas grátis do cPanel, muitas opções são excelentes e podem ser aplicadas para ambientes de produção.

A maioria das alternativas do cPanel são de código aberto, o que significa que você pode navegar e analisar o código fonte. Também é possível fazer alterações direto no código fonte. Todos são gratuitos ou oferecem uma versão gratuita repleta de recursos. Para usuários de nível corporativo, significa que é possível começar a economizar dinheiro optando por uma opção gratuita do cPanel. Essa é a beleza do mundo FOSS – os desenvolvedores são habilidosos e flexíveis o suficiente para criar alternativas incríveis e oferecê-las gratuitamente, com foco na melhoria da comunidade.

Conta gratuita para painel cPanel grátis

Para solicitar uma conta com painel de controle cPanel gratuito por favor utilize nosso formulário de cadastro. A Link Nacional oferece o painel cPanel gratuitamente por 12 meses com domínio incluso. Também é possível conhecer o painel de controle cPanel gratuitamente acessando a página de recursos do cPanel. Nessa página tem informações dos dados de login do cPanel demonstrativo. Faça um teste agora mesmo do painel cPanel grátis.

1. Painel de Controle Grátis Webmin

Webmin é a alternativa ao cPanel mais rica em recursos no mercado. Você pode fazer tudo o que o cPanel pago faz, mas totalmente de graça. Com os módulos embutidos, você pode fazer backup de arquivos de configuração, instalar e configurar servidores Web Apache, monitorar largura de banda, configurar fail2ban, estabelecer seu firewall de tabelas de IP, administrar usuários, configurar tarefas cron, proteger suas conexões SSH e muito mais.

Esse painel de controle pode não parecer muito amigável, mas se utilizar um Tema autêntico isso pode resolver o problema. Os temas são mais amigáveis para os usuários e facilitam um pouco o trabalho com o Webmin.

O servidor pode ser o Ubuntu, Debian ou CentOS, os desenvolvedores do Webmin oferece um pacote de instalação rápida no servidor. Se você quiser aprofundar um pouco mais, o código fonte do Webmin está disponível no GitHub.

2. CentOS Web Panel gratuito similar ao cPanel

Se você estiver executando o CentOS no seu servidor virtual privado (VPS) e achar que o Webmin não é o mais indicado para você, o CentOS Web Panel é a solução ideal. Ele permite implantar e administrar servidores Web Apache, firewalls, bancos de dados MySQL, certificados SSL, um proxy reverso Nginx, email auto-hospedado e muito mais. Você também pode gerenciar usuários, implantar backups e acompanhar a integridade do sistema por meio do monitor de serviços.

Um recurso exclusivo do CentOS Web Panel é o Auto-Fixer , que verifica arquivos de configuração importantes e tenta corrigi-los automaticamente, caso apresente algum erro.

Para instalar, você precisa de uma instalação atualizada do CentOS, de uma pilha LAMP em funcionamento e de pelo menos 1 GB de RAM. É importante reiterar que o CentOS Web Panel é oficialmente suportado no CentOS – se você estiver executando o Debian / Ubuntu, terá que procurar em uma das outras opções. Infelizmente, o código do CentOS Web Panel não é totalmente de código aberto, mas permanece livre para uso.

3. Ajenti

O Ajenti é um painel de controle grátis abrangente que se autodenomina “uma ferramenta de administração para uma era mais civilizada, fornecendo uma maneira rápida e segura de gerenciar uma caixa Linux remota a qualquer momento, usando ferramentas diárias como um terminal da web, editor de texto, gerenciador de arquivos e outros”. Há um terminal remoto responsivo, a capacidade de estabelecer firewalls, instalar pacotes, gerenciar usuários, monitorar o uso de recursos e muito mais. O Ajenti também vem com vários plugins, com a capacidade de adicionar mais ou desenvolver ainda mais com o Python. E, de acordo com os desenvolvedores da Ajenti, o painel de controle “não diz como você deve fazer o seu trabalho”, deixando o sistema o mais intacto possível. Ajenti é um ótimo painel de controle para quem já possui alguns serviços em execução no servidor. Outros painéis simplesmente apagam as configurações existentes, mas a Ajenti promete pelo menos tentar pegar sua configuração atual sem alterá-la. A Ajenti também se considera “prestativa”, pois todas as alterações não são de forma destrutivas e não substituem seus arquivos, opções e comentários. O projeto principal é de código aberto e pode ser encontrado no site da GitHub.

4. YunoHost

O YunoHost é um “sistema operacional de servidor com o objetivo de tornar a auto-hospedagem acessível a todos”. Não é para ser tão abrangente quanto o cPanel ou Webmin, pois seu único objetivo é instalar vários aplicativos auto-hospedados para você. Você não encontrará gerenciamento de firewall ou proxies reversos aqui, apenas vários “aplicativos” suportados oficialmente para instalar vários programas, como Baikal, Nextcloud, WordPress, Zerobin e muito mais. Você pode administrar a VPS através da interface web YunoHost ou da linha de comando. O YunoHost suporta oficialmente o Debian 8 e é codificado principalmente em Python sob uma licença GPL de código aberto. O código está disponível no site GitHub.

5. Froxlor

A Froxlor se considera a alternativa “leve” ao Webmin. No site: “Desenvolvido por administradores de servidores experientes, este painel de código aberto (GPL) simplifica o gerenciamento de sua plataforma de hospedagem.” Os recursos incluem instalação “Let’s script” Certificado SSL para site seguro, configuração PHP, gerenciamento MySQL e muito mais. A Froxlor tem pacotes Debian disponíveis e um .tar.gz para instalações em produção. Somente o Debian é oficialmente suportado, mas parece possível, com um pouco de esforço, instalá-lo no Ubuntu também. O Froxlor é licenciado sob a GPL 2.0, com código fonte no GitHub.

6. ISPConfig

O ISPConfig é outro concorrente veterano no espaço alternativo livre do cPanel e pode ser o azarão desta comparação. Tem cerca de 40.000 downloads por mês. É possível também configurar servidores Web Apache2 / nginx, servidores de correio, DNS, espelhamento e muito mais, como faria com Webmin ou Ajenti. O recurso mais exclusivo do ISPConfig é a capacidade de gerenciamento de vários servidores a partir de um único painel de controle. Se você estiver trabalhando com mais de um servidor e desejar uma experiência consistente em todos eles sem precisar instalar o mesmo painel de controle em cada um, o ISPConfig poderá ser a escolha. O ISPConfig funciona com o Debian, Ubuntu e CentOS, tornando-o flexível para praticamente qualquer servidor. O código fonte está disponível no repositório GitLab da organização sob uma licença BSD de código aberto.

7. Vesta CP

O VestaCP é um núcleo de painel de controle projetado, escrito em Bash, que os fãs do Linux vão adorar. Os recursos internos incluem a implementação de IPtables / fail2ban para segurança, Nginx e / ou Apache para um servidor Web, várias soluções de email, soluções de monitoramento, backups, certificado SSL Let’s Script e muito mais. Se você preferir trabalhar por meio de uma linha de comando, em vez de uma interface da Web, também pode fazer isso com o Vesta. O Vesta trabalha com CentOS, Debian e Ubuntu, e é licenciado com o GNU. O código fonte está disponível no GitHub. Nota: Por volta do verão de 2018, ouve um ataque a painéis de controle VestaCP com base em vulnerabilidades desconhecidas. As soluções mais comuns inclui proteger suas conexões SSH através do uso e imposição de chaves e desativar completamente o usuário root. Para verificar se o seu painel foi infectado foi liberado uma ferramenta de verificação em: https://vestacp.com/test/

Que tal testar uma alternativa gratuita para o painel cPanel grátis?

Os painéis de controle são ótimos para gerentes de VPS que desejam hospedar rapidamente um site sem ter que se aprofundar no assunto ou perder um final de semana tentando configurar um servidor web. Os painéis gratuitos são ótimos para administradores de sistemas avançados que precisam de resultados consistentes em servidores web. Mas chega um momento em que todo administrador de servidor em expansão precisa assumir parte da responsabilidade por si mesmo. Há um valor incrível em aprender a navegar em um servidor, baixar e implantar serviços e fazer correções quando algo der errado. Você não precisa implantar um cluster avançado do Docker Swarm em sua primeira tentativa – talvez tente algo mais fácil, como a instalação automática do EasyEngine no WordPress.

Conclusão: Atingindo o próximo nível com as alternativas cPanel

Esperamos que isso aconteça com você, se você estiver interessado em usar um painel de controle com o servidor, mas não quiser pagar pelo cPanel. Também existem outras soluções pagas disponíveis, como Cloudron , Plesk e ClusterCS , mas analisar os conjuntos de recursos de cada uma está muito além do escopo desta postagem. Afinal, queremos ajudá-lo a encontrar alternativas para o painel cPanel grátis! O melhor de um painel de controle é que, para muitos, oferece mais opções e oportunidades. Com o poder de um painel de controle livre, você pode esticar cada dólar gasto ainda mais em seu servidor e sem a maioria das dores de cabeça que acompanham a administração de servidores para o resto de nós.

CONTRATE O SERVIÇO VPS AMAZON AWS

A Link Nacional configura o ambiente para o seu site dentro da Amazon AWS uma das referências em Cloud Computing com um painel de controle grátis ou com cPanel.

Posts relacionados

Entenda a diferença entre WordPress.org e WordPress.com

Entenda a diferença entre WordPress.org e WordPress.com

Atualmente, quando falamos em criar um site, é difícil não fazermos a referência imediata com o WordPress. Afinal, mais de 30% dos sites são criados na plataforma. Porém, você sabe qual é a diferença entre WordPress.org e WordPress.com? Conhecer as principais...

ler mais
Diferença entre logotipo e logomarca

Diferença entre logotipo e logomarca

Nos bancos acadêmicos dos cursos de comunicação, mais especificamente do curso de publicidade e propaganda, muito se discute sobre as diferenças e semelhanças entre logotipo e logomarca. Existem algumas discordâncias entre os profissionais da área, principalmente...

ler mais
Como gerar tráfego para o site? 4 dicas para aplicar

Como gerar tráfego para o site? 4 dicas para aplicar

Se a sua empresa quer se destacar da concorrência, transformar leads em clientes, gerar autoridade de marca e ainda garantir a lucratividade dos negócios, precisa saber como gerar tráfego para site ou blog. Gerar tráfego é essencial para destacar a sua empresa no...

ler mais
WhatsApp chat