Link Nacional

O que são cookies e por que eles podem acabar?

por | Atualizado em 2 de junho de 2021 | Notícias

Com certeza ao entrar pela primeira vez em um site você recebeu a mensagem de que a página utiliza cookies para personalizar conteúdos e anúncios durante a sua navegação. E, muito provavelmente, você clicou em “ok” sem saber muito bem o que isso significaria e o que são cookies.

Saiba que eles ajudam os sites a lembrarem de você para tornar a experiência dentro da página mais confortável. Entretanto, eles também podem representar perigo à segurança e privacidade de dados se forem usados de forma maliciosa.

Justamente por eles serem usados como espiões, grandes empresas de tecnologia como Google já estão falando em banimento. Acompanhe o post para entender qual é a sua função e porque a existência deles está em jogo.

Continue lendo

Nós temos a solução!
O que são cookies

O que são cookies?

Cookies são pequenos arquivos que armazenam dados no navegador durante a jornada dos usuários em sites na internet. Eles costumam guardar informações como páginas em que você navegou, links que foram clicados, abandono de carrinho de compras e conversão de vendas.

Ou seja, eles se tornaram um importante instrumento para analisar os hábitos de navegação que permitem traçar uma estratégia de marketing digital com o objetivo de venda ou conversão.

Cookie também pode ter outro significado

Muitos de vocês já devem ter ouvido falar e até comido pelo menos um cookie na vida. Pois é, aquele biscoitinho arredondado que normalmente tem gotas de chocolate também se chama cookie. A origem desse nome vem da palavra holandesa Koek, que significa bolo pequeno. Esse bolo era utilizado para testar a temperatura do forno antes do bolo final ir para o forno.

Na internet os cookies também são utilizados para testes e coleta de dados, com eles é possível entregar um “biscoito” personalizado para cada usuário.

o que são cookies

Como funcionam?

Ao visitar um site, os cookies vão guardando informações necessárias para identificar os usuários numa próxima visita. Esses arquivos contêm informações que vão desde dados pessoais registrados em formulários, como nome, e-mail e endereço, até itens deixados no carrinho de compra.

Desta forma, quando você volta ao mesmo site, muitas preferências de navegação já estão salvas, por exemplo, idioma da página, páginas de preferência, login e senha, formas de pagamento e outros valores.

Eu devo aceitar?

Há vantagens e desvantagens em aceitar os cookies. Se por um lado ao aceitá-los você otimiza a experiência de navegação, por outro, a coleta de informações pessoais gera discussões a respeito de privacidade e vazamento de dados. Além disso, ter muitos registrados no navegador pode comprometer a velocidade do carregamento das páginas, por isso, é recomendado que, de tempos em tempos, você apague os cookies do seu navegador.

Quais os tipos de cookies?

Para entender o que são cookies e o que está em jogo quando falamos deles, é preciso saber que há três tipos principais:

  • Cookies de sessão: São arquivos transitórios e esquecidos quando a navegação se encerra. Esse tipo de cookie é utilizado quando adicionamos um item no carrinho de compras, mas continuamos olhando outros produtos no mesmo site sem perder o item já adicionado.
  • Cookies persistentes: Também conhecido como cookie permanente, são arquivos armazenados no disco rígido até expirarem ou serem excluídos. Eles são responsáveis por lembrar das suas preferências de navegação. Por exemplo, se você seleciona o idioma português em uma página, quando você acessá-la novamente, ela vai estar no idioma que você escolheu pela última vez.
  • Cookies de terceiros: A função desse tipo de cookie é rastrear a navegação dos usuários para armazenar informações como histórico, localização demográfica e interesses de compras. A construção de um perfil de usuário para segmentar anúncios muitas vezes dão a esses cookies o status de maliciosos.
cookies e anúncios

Por que os sites usam cookies?

Em geral, os sites utilizam os cookies para melhorar a experiências dos usuários em suas páginas através de preenchimento automático de formulários, carregamento mais ágil da página, entre outros aspectos.

Como ativar e desativar os cookies de um site?

Os cookies são armazenados de forma padrão pelos navegadores, mas por questões de privacidade, você pode ativar e desativar quando quiser. Veja o processo em alguns navegadores:

Google Chrome

  1. Abra o navegador no computador.
  2. Clique no símbolo  no canto superior e depois em Configurações.
  3. Vá em Privacidade e Segurança, clique em .
  4. Clique em Cookies. Ative ou desative.

Mozilla Firefox

  1. Abra o Mozilla Firefox
  2. Clique no símbolo  no canto superior e depois em Opções.
  3. Na categoria Privacidade e Segurança, selecione Cookies para ativar ou desativar.

Internet Explorer

  1. Inicie o Explorer.
  2. Clique em Configurações  no canto superior e selecione Opções de Internet.
  3. Na guia Privacidade, clique em Avançado.
  4. Em Cookies, escolha as opções bloquear, aceitar ou perguntar.

Microsoft Edge

  1. Abra o Microsoft Edge;
  2. Selecione Configurações e mais… > configurações > Privacidade, pesquisa e serviço; 
  3. Em limpar dados de navegação, clique em Escolher o que limpar;
  4. Em intervalo de tempo escolha Intervalo de tempo;
  5. Selecione cookies e outros dados do site e então selecione limpar agora.
Além disso, você pode apagar os que já foram armazenados no seu navegador tanto no computador, quanto no celular. Basta acessar a opção de configurações do seu dispositivo e depois apagá-los.

Qual a importância dos cookies para as empresas e os sites?

Saber onde seus clientes estiveram em seu site, as páginas que visualizaram, quanto tempo gastaram em cada uma e quantas vezes voltaram, é uma ferramenta de vendas e marketing extremamente poderosa e isso é possível graças aos cookies.

Além disso, os dados coletados permitem que os proprietários de sites analisem como os visitantes interagem com seus sites e, em seguida, façam alterações que aumentam o desempenho do site e fornecem uma experiência ainda melhor.

Cookies e sites

Por que o Google quer acabar com os cookies de terceiros no navegador Chrome?

Recentemente, o Google anunciou que pretende banir cookies de terceiros até 2022 no navegador Chrome. Esse tipo de cookie sustenta grande parte da indústria de publicidade direcionada, e, segundo o Google, a ação visa uma internet com mais privacidade de dados individuais. Os cookies de terceiros ajudam os sites e anunciantes a rastrear o comportamento do usuário na web. Assim, se você navegar por alguns produtos em um site e, posteriormente, encontrar anúncios desses mesmos produtos em uma plataforma de mídia social, isso se deve às informações coletadas, que estão usando essas informações ​​para rastrear seu comportamento.
Cookies no Chrome
O Google pretende mudar a forma de rastreamento desse tipo de cookie e, ao invés de rastrear o seu computador individualmente, a alternativa vai agrupar os usuários com interesses semelhantes. Assim, anúncios poderão ser direcionados a um grupo de pessoas. É muito provável que essa decisão gere um impacto significativo na publicidade digital, já que o Chrome é o navegador mais utilizado no mundo. Além disso, frear essa prática não é uma medida inédita. As empresas Apple e Mozilla já viabilizaram opções para evitar que anunciantes sigam os usuários.
Cookies no Chrome

O que são cookies para o marketing digital?

Para o consumidor, os cookies ajudam os sites a operar com mais eficiência fazendo operações como lembrar senhas e salvar os itens que colocamos em nossos carrinhos de compras.
Cookies no marketing

De outro lado, eles ajudam empresas a entender como os visitantes usam o site, se finalizaram a compra, quais itens interessaram diferentes perfis de usuários e qual canal de marketing foi mais eficiente para os visitantes chegarem até seu site.

Com a possibilidade de rastrear e identificar os internautas, eles acabaram se tornando peça principal em estratégias de marketing digital.

Automação de marketing?

Provavelmente você já passou pela situação de olhar um produto em um site e, minutos depois, receber diversos anúncios patrocinados com o mesmo produto ou outros semelhantes. O Facebook foi pioneiro nesse tipo de remarketing. A plataforma oferece um sistema capaz de seguir os usuários através de cookies armazenados no dispositivo das pessoas, o pixel.

Iniciativas como essas possibilitam o desenvolvimento de campanhas de automação de marketing para impactar usuários que já visitaram seu site e ainda criar públicos semelhantes para atingir um segmento que, embora não tenha ido até a sua página, têm o comportamento parecido com pessoas que já são a sua audiência.

Quais as leis que regulam os cookies no mundo?

A tecnologia dos cookies existe desde os primórdios da internet na década de 90, mas a ferramenta foi se sofisticando tanto que, nos últimos anos, começou a ser questionada sobre seu limite na privacidade das pessoas.

Neste contexto surgiram iniciativas legais para dar aos consumidores visibilidade sobre como os cookies estão sendo usados ​​em sites. Entre essas normas estão o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) da União Europeia e a Lei de Privacidade do Consumidor da Califórnia (CCPA).

A questão também chegou ao Brasil com a Lei de Proteção de Dados (LGPD), que entrou em vigor em setembro de 2020. A partir daí, você deve ter notado que, na maioria dos sites que entramos, recebemos mensagem avisando que eles estão armazenados dados e se concordamos com essa política.

Cookies e suas leis na internet

Como fica a sua privacidade em sites que usam cookies?

A partir da LGPD, os avisos sobre os cookies se tornaram obrigatórios. Isso porque a lei visa empoderamento às pessoas em relação aos seus próprios dados pessoais em ambientes on e offline. Assim, quando entramos em um site, a empresa deve apresentar a sua Política de Privacidade ou os Termos de Uso explicando como esses dados podem ser utilizados.

Conforme a legislação brasileira, os usuários devem consentir de alguma forma e estarem cientes de que os sites estão armazenando dados. Nesse sentido, todo dado pessoal é definido na lei como uma informação relacionada a uma pessoa identificada ou não. Por isso, à luz da lei, eles são considerados dados pessoais uma vez que caracterizam as pessoas reunindo nomes, endereços, idades e outros valores.

Soluções para um bom gerenciamento de cookies

Agora que ficou claro o que são cookies, você percebeu a importância de ter um site adequado às normas da LGPD, certo? Por isso é extremamente importante que você os utilize de forma adequada no seu site. A Link Nacional presta consultoria para você realizar essa tarefa da melhor forma! Melhore a experiência do usuário e ofereça uma ótima navegação, entre em contato conosco.

Nós temos a solução!
Redação: Mariane Souza
Cientista da informação pela USP, encontrou na redação um jeito de levar conteúdo relevante para as pessoas. Atua como redatora na Link Nacional.
5 4 votes
Vote no Artigo
guest
Por favor entre com seu nome completo
Digite um endereço de email válido para uma possível notificação de retorno.
Número de whatsApp para eventual notificação de resposta.
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas postagens