Link Nacional
Nós criamos

seu site

de advocacia,de doação,de vendas,de empresa,de projeto,de portfólio

Navegador Brave: conheça o browser que é 3x mais rápido que o Chrome

por | Atualizado em 29 de julho de 2021 | Notícias

Dá pra imaginar alguém querendo desafiar o Google Chrome, o navegador web mais utilizado no mundo todo, acionado em mais de 68,5% dos desktops e smartphones do planeta? Quase inimaginável, não?! Mas parece que os criadores do navegador Brave acham que isso é possível. Além de um navegador 3 vezes mais rápido, o Brave ainda promete recompensar, com criptomoedas, os internautas que permitirem anúncios dos patrocinadores.

Mais que um navegador, seus desenvolvedores querem propor uma nova maneira de pensar a internet, inclusive quando assunto é anunciar no Google. Controle de privacidade, segurança e programa de recompensas, esses são alguns dos diferenciais do navegador Brave que você vai conhecer agora, continue a leitura e venha saber mais!

O que é o navegador Brave?

O Brave Browser, navegador da internet desenvolvido pela Brave Software Inc., pretende oferecer uma experiência totalmente inovadora aos seus clientes.

Disponível para as plataformas Windows, iOS, Android, macOS, e Linux, o Brave foi desenvolvido e baseado no Chromium, da Google, e oferece uma velocidade até três vezes maior para navegação na web, além de consumir até 35% menos de bateria.

O time de criadores do Brave conta com nomes de peso, como Brendan Eich, um dos inventores da linguagem JavaScript e co-fundador do Mozilla.

Continue lendo

Brave Navegador
A missão dessa turma arrojada é, nas palavras deles mesmos, “consertar” a internet, oferecendo uma experiência inovadora e segura para os internautas, ao mesmo tempo que melhora o suporte aos programadores e desenvolvedores de conteúdo através de um sistema de recompensas inusitado.

Como fazer o download do Brave?

Para baixar o navegador é muito simples: na página brave.com, clique no botão “download brave”. Por ser baseado no Chromiun, a instalação é intuitiva e você só precisa seguir os passos solicitados.

Antes de abri-lo, escolha se pretende torná-lo o navegador padrão ou não e, em seguida, você já é convidado para as configurações iniciais, que inclui a possibilidade de importação de favoritos e extensões do seu browser atual, além do mecanismo de busca padrão.

Eles até sugerem o DuckDuckGo para uma experiência mais completa, mas é o internauta quem decide a melhor ferramenta.

Quais as vantagens do navegador Brave?

O Brave Browser se apoia em três pilares fundamentais para cair nas graças do mundo inteiro:
Brave

Velocidade

De acordo com quem já testou o Brave na prática, a velocidade de abertura das páginas e de resposta nas buscas chega a ser três vezes maior do que em outros navegadores, sobretudo quando comparado ao Chrome. Os desenvolvedores atribuem essa performance ao bloqueio nativo de anúncios e programas rastreadores, o que deixa a página com muito menos conteúdo para carregar.

Segurança

A segurança também está ligada ao bloqueio de anúncios indesejados e ao anúncio de cookies, pois a configuração de privacidade impede que a atividade e os dados de navegação dos internautas sejam capturados e vendidos para anunciantes, além de inibir as fraudes publicitárias, uma praga abundante no ambiente virtual.

Bloquear anúncios

Você está no controle! Com o Brave, é o internauta quem decide quais anúncios podem ser visualizados, além da quantidade de propagandas por hora. A página inicial mostra, inclusive, a quantidade de anúncios bloqueados automaticamente enquanto você navega. Essas configurações podem ser alteradas a qualquer momento pelo usuário, no painel de controle.
Brave

Como ganhar dinheiro com o navegador Brave?

Simples de navegar, mais rápido que os concorrentes, maior grau de segurança e privacidade e ainda por cima dá pra ganhar uma grana com o Brave? É isso mesmo!

O Brave pretende mudar a lógica atual da web, na qual apenas os gigantes da internet faturam montanhas de dinheiro vendendo os dados de navegação e as preferências dos usuários para as empresas anunciantes. Agora, é o internauta quem é recompensado pelas propagandas que aceitar visualizar.

Como funciona o programa de recompensas do Brave?

Respeito à privacidade parece ser a tônica do Brave Rewards, que é o programa de recompensa da Brave, baseado no Token de Atenção Básico (BAT, na sigla em inglês). Quando você se inscreve no programa, uma extensão do navegador começa a calcular o tempo que você dedica para visualizar os anúncios escolhidos, chamados de Brave Ads, que aparecem separados da sua navegação web, em forma de notificação ou imagem patrocinada. Uma vez por mês, a plataforma disponibiliza um valor em BAT’s (criptomoedas), com base nas suas escolhas e no tempo que você disponibilizou. E não é qualquer valor: 70% da receita que a Brave obtém dos anunciantes vai para o internauta. Por fim, o usuário decide o que deseja fazer com esse valor: ele pode ser doado para criadores de conteúdo de sua preferência ou ser trocado por moeda corrente através da Uphold, empresa parceira da Brave para intercâmbio de moeda digital.

Apoie os criadores de conteúdo e ganhe recompensas com o Brave

Criadores de conteúdo do mundo todo: uni-vos!

O pessoal do Brave realmente quer promover uma ruptura no modelo de remuneração que circula na web. Hoje, a maior fatia das receitas provenientes de anúncios digitais fica com intermediários e operadores.

O Brave convida você, internauta, a realinhar esse fluxo de maneira coletiva, escolhendo quais desenvolvedores de conteúdo merecem receber apoio financeiro para continuar criando com inteligência e respeito à sua privacidade.

Em apenas um ano, o número de criadores de conteúdo registrados na plataforma saltou de 300 mil para mais de 1 milhão.

Isso significa que o usuário é recompensado por visualizar conteúdos que ele realmente deseja assistir e ainda por cima fazer doações (via bitcoin ou criptomoeda) ou dar “gorjetas” para os desenvolvedores que mais curtir, ajudando toda essa cadeia criativa.

Brave Recompensas

Como funciona o controle de privacidade do Brave?

Não é uma tarefa fácil garantir total segurança e privacidade na internet, mas bem que o Brave deu um passo importante nessa direção.

A grande sacada aqui é que a ferramenta de busca do navegador entrega os resultados sem coletar as informações do usuário, como nos outros navegadores. Dessa forma, não há a criação e venda do perfil do usuário para exploração do direcionamento de conteúdos digitais.

Como utilizar o Tor no navegador Brave?

O Tor é uma extensão que pode ser utilizada diretamente na guia do Brave, garantindo mais do que o anonimato do usuário: ele disfarça a localização dos sites visitados, embaralhando o roteamento da navegação antes de chegar ao destino final, evitando o rastreamento da sua busca.

Diferenças entre o Brave e o Chrome

Em linhas gerais, o Brave Browser é construído sobre a base do Chromium e, dessa forma, possui a mesma arquitetura básica que o Chrome. Isso é bom, porque estamos falando do navegador com tecnologia de busca mais utilizado no mundo. Mas, ao contrário do Chrome, o Brave Browser tem foco na privacidade de dados dos seus usuários, bloqueando softwares rastreadores, scripts de captura de dados e anúncios não autorizados ou solicitados. Menos informações desnecessárias, maior velocidade para você surfar na rede. Por fim, mas não menos importante, o Brave ainda remunera os usuários pela atenção dedicada aos anúncios escolhidos.
Brave vs Chrome

Conclusão

O lançamento do Brave Browser é um alento para quem acredita ser possível conciliar a internet com privacidade, segurança e liberdade criativa. Vale a pena ficar de olho nas evoluções que essa plataforma deve sofrer daqui pra frente, bem como nos desenvolvedores de conteúdo e anunciantes que irão migrar para esse novo conceito de web. Se você também gostou da ideia de uma internet mais sofisticada e menos apelativa, baixe o novo browser no seu celular, tablet ou desktop e compartilhe conosco a sua opinião.
Nós temos a solução!
Redação: Juliana Mello
Juliana Mello: Redatora, editora de conteúdo e produtora especializada nas palavras desde 2003. Doutora em Linguagens e Práticas Sociais pela Universidade de Coimbra, em Portugal; jornalista pela Universidade Estadual de Londrina. Atuo paralelamente com escrita criativa, conteúdo web e WordPress, linguagem SEO, mídia digital e publicitária/OFF.
5 3 votes
Vote no Artigo
guest
Por favor entre com seu nome completo
Digite um endereço de email válido para uma possível notificação de retorno.
Número de whatsApp para eventual notificação de resposta.
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas postagens

Os novos “ANALFABYTES”

Os novos “ANALFABYTES”

Os analfabytes são os analfabetos digitais que estão à margem da evolução tecnológica, dos benefícios da internet, da cibercultura e do ciberespaço.