Esse texto descreve informações de como obter sucesso em planejamento de marketing digital com analise de dados.

Marketing Digital e analise de dados

A maioria dos programas ou campanhas de marketing digital tem como ponto fraco a análise de dados. Um estudo recente mostrou que a grande diferença de marketing online esta dentro da análise dos dados 37% das empresas. Estão a procura de profissionais ou empresas com experiência na análise de dados.

Se trabalha na área de marketing online ou é apenas um curioso sobre o assunto tenha certeza de estar coletando as melhores informações para o seu projeto digital. Aqui nesse breve texto algumas estratégias serão citadas para ajudar a obter mais êxito em projetos e/ou campanhas digitais.

O caso para seus dados

Existem perspectivas que um dos trabalhos do futuro sejam cientistas de análise de dados. Alguns dados demonstram que terá cerca de 4 milhões de vagas de trabalho para análise de “big data” nos próximos 2 anos. E apenas um terço dessas vagas serão preenchidas. Não é uma surpresa para o mercado de tecnologia, tudo esta se movendo para “big data” (grandes volumes de dados). Dados móveis, dados de performance, dados de campanhas, dados de produtos e dados de como devemos acompanhar nossos dados.

Aqui já temos dois pontos. O primeiro é que qualquer profissional dentro da mundo da web que vem do SEO para conteúdo de marketing. Poderá ter recursos para a análise de dados. Tendo a perspectiva do ambiente de SEO e convertendo suas habilidades para a análise de dados. Faz com que se torne um trunfo para o sucesso de campanhas digitais. O segundo ponto são para que marcas e agências tenham a habilidade de gerenciar com sucesso campanhas. Que terão, que analisar grande volume de dados e possuir capacidade tecnológica para tal finalidade. A competição esta se tornando um processo sofisticado. A habilidade de analisar esse volume de dados irá ajudar diretamente no sucesso de um planejamento.

Então aonde devemos iniciar com a analise de dados?

O mundo da analise de dados

A empresa deverá evoluir suas campanhas de marketing digital em diversas dimensões para obter um cenário completo. Criando e implantando um programa de analise de dados, são necessários quatro passos:

  • Definir métricas (medidas) e um criar um plano
  • Coletar as informações
  • Desenvolver recursos para estatísticas e capacidades
  • Analisar e implementar

Entender cada um desses itens possibilita que sua empresa possa investir corretamente e no tempo certo no ROI. Um plano de sucesso, é mais que identificar as ferramentas ou aprender como interpretar os relatórios e gráficos. Na realidade, é criar uma cultura que valoriza essa informação. Fazendo com que seu negócio tenha decisões baseadas em dados. E consistência para encontrar caminhos que possam aprofundar seu DNA dentro do negócio.

Analisando seus dados

Sua empresa deverá lutar para manter a democratização de um ambiente de análise de dados. O sucesso do gerenciamento dos dados é mais sobre como criar uma cultura certa de ter a tecnologia e as pessoas corretas. O espectro da cultura de analise de dados pode ser classificado da seguinte forma:

  • Não ter dados ou ter dados limitado: A empresa esta indo rápido demais e não tem tempo para a criação dos dados, ou talvez os dados não são valorizados, ou os recursos são limitados e o foco esta em outro lugar, normalmente o foco fica na valorização de indicadores de crescimento.
  • Dados básicos: A empresa nesse estágio tem algum programa instalado para coletar dados básicos e oferece um feedback em alguns aspectos da campanha de marketing digital, como por exemplo: talvez tenha uma na ferramenta do Google Analytics em seu site e monitora em alto nível as tendências, mas é usado apenas para indicações direcionadas ao invés de retornos de feedbacks.
  • Dados profundos e controlados: nesse nível, boa parte da organização possui acesso a coleção de dados e ferramentas de relatórios. O acesso aos dados é limitado para os executivos e funcionário responsável pelos relatórios, ou os dados podem ser filtrados de acordo com cada departamento. Os dados também ficam disponíveis apenas em determinados períodos do ano, para ajudar nas vendas ou apenas para definir o posicionamento do produto.
  • Acesso democrático aos dados: Essa empresa faz esforços para que os dados sejam analisados por um especialista e os relatórios são criados regularmente por funcionários qualificados. Esses dados ficam disponíveis para que os executivos tenham acesso aos dados durante todo o ano ou sempre disponíveis para tomadas de decisões.

Acesso Democrático de dados

O acesso democrático aos dados elimina os gargalos dos funcionários limitados com excesso de pedidos de apoio aos relatórios, ajudando a garantir que os dados estejam sendo utilizados regularmente para tomadas de decisões dentro do negócio. Essa abordagem também ajuda a criar uma cultura de valorização dos dados e forçando com que as tomadas de decisões são baseadas em dados.

Para chegar em um nível de dados democráticos é necessário efetuar uma analise cuidadosa da cultura da empresa, e quanto transparente esses pontos de dados estão atualmente: Verificam números de vendas até informações de seus clientes? Atualmente os membros das equipes estão tendo as respostas necessárias para o seu sucesso? Se assim for, talvez esse seja o momento para considerar uma abertura dos dados.

Priorize as tarefas de analise de dados

Quando se depara com um planejamento, coletar, reportar e analisar dados, é importante para se antecipar do que virá. Uma sugestão de especialistas de analise de dados do Google, sugeri que seja distribuído em 15% para coletar dados, 20% em relatórios dos dados, e 65% para a analise de dados, são médias consideráveis para as tarefas de analise de dados. Talvez em sua empresa isso não seja igual mas a ideia é que sua estratégia e execução tenha em mente os seguintes pontos:

 

  • Coletar dados e reportar são fundamentais e deverá ser feito de forma eficaz. Esses passos também devem ser eficientes. Encontrar uma forma de minimizar o tempo ou delegar para um funcionário junior.
  • Automatizar o máximo possível com ferramentas competentes. O maior foco seu deve ser a analise dos dados, articulando seu negócio e treinando seus colegas para uma implementação dentro da organização. Explicando o significado dos dados e definindo o que o seu time deverá executar e suas prioridades, quanto mais justo sua analise, e mais foco tiver na performance dos indicadores mais sucesso poderá ter.
  • Dados por dados não é um bom investimento, os dados deverão ser utilizados para definir ações para gerar conversões e aumento de receitas.

Rastreando os dados

Neil Patel, fundador do CrazyEgg e KISSMetrics, tem um filosofia bem simples sobre coleta e análise de dados, medir o que importa. Com alguns indicadores é fácil obter dados importantes, porém não representa o que esta acontecendo com seu negócio:

  • Visitantes do seu site
  • Páginas visualizadas
  • Números de inscritos na mala direta
  • Seguidores de redes sociais
  • Taxa de Rejeição
  • Tempo gasto no seu site

Ver esses dados crescerem ao longo do tempo pode ser útil, mas na maioria das vezes, você deveria procurar por tipos de medidas que indicam ação.

Para transformar o rastreamento dos dados úteis, avalie esses itens:

  • Quem esta vindo ao site, e o que as pessoas estão fazendo quando chegam lá
  • Quais canais estão direcionando os consumidores a comprar
  • Quem esta convertendo
  • Quais conversões estão profundamente relacionadas
  • Quais conversões estão gerando receitas
  • Quem esta comprando múltiplos itens
  • Qual é o valor do tempo de vida do seu cliente
  • Quais são as taxas de rotatividade

Um planejamento sólido de análise de dados tem como base o modelo de negócio em questão e desenvolver um conjunto de medidas para mapear as necessidades e o funil de compra.

Referências:

 

Tem alguma dúvida ou algo para contribuir com esse texto, por favor deixe um comentário abaixo.

WhatsApp chat