Nos últimos anos, o número de opções para as empresas se comunicarem com seus clientes tem aumentado cada vez mais. Um exemplo são as redes sociais, que são ótimas plataformas para atrair e nutrir leads e movimentam milhões de acessos diariamente. Mas em meio a todas essas inovações, alguns negócios acabam abrindo mão de criar um site. Mas qual é, de fato, a melhor ideia?

É verdade que, com suas funcionalidades, redes sociais, como o Facebook, atendem algumas das mesmas funções que um site, entretanto, ambos ainda têm propósitos diferentes. Dependendo do contexto, um costuma ser mais importante que o outro ou você pode precisar dos dois.

Para esclarecer melhor essa questão, falaremos um pouco mais sobre os prós e contras de cada um dos estilos para que você possa tomar a melhor decisão. Acompanhe!

Vantagens e desvantagens do Facebook

Como você já deve saber, o Facebook é a maior rede social disponível atualmente. Sua grande qualidade é justamente seu alcance, possibilitando a qualquer negócio atingir um bom número de leads em um período de tempo relativamente curto. Além disso, graças à quantidade de dados que a plataforma coleta, é possível direcionar seus conteúdos e campanhas com maior facilidade.

Outra característica muito útil é a relação custo-benefício. Por meio do Facebook, você consegue gerar um grande número de vendas com um investimento relativamente pequeno. Desde que saiba como utilizá-lo corretamente a seu favor.

Por outro lado, a rede social também tem suas desvantagens. Uma delas é que, para um bom posicionamento, você precisa realizar postagens muito frequentes. O que é um pouco trabalhoso, dependendo do tamanho do seu negócio.

Para tanto, é necessário estudar como a rede social funciona e quais são os procedimentos certos para maximizar sua taxa de conversão. Além de seguir um plano estratégico bem elaborado. O retorno é alto, mas o investimento de tempo e energia também.

Vantagens e desvantagens de criar um site

Criar um site próprio, seja para promover sua marca ou para servir como loja virtual, é praticamente obrigatório hoje em dia. Mesmo que você possa atuar de forma similar no Facebook, há poucas razões para ter um e não manter o outro ao mesmo tempo.

Ter um site é uma ótima forma de acompanhar os clientes mais engajados com sua marca. Em geral, os leads de maior potencial continuam acompanhando seus canais de contato além das redes sociais. O que também ajuda a coletar mais dados sobre seu público-alvo.

Entretanto, há outras questões a serem consideradas na hora de elaborar um site. Primeiramente, exige mais polimento e cuidado do que uma página no Facebook. Não é obrigatório contratar um web designer. Mas é importante verificar a interface, escolher imagens de maior qualidade e, acima de tudo, ter cuidado com a segurança dos dados do seu público.

Com essas informações, você já consegue decidir se é melhor criar um site, uma página no Facebook ou os dois. Sendo assim, considere suas necessidades e o que será mais importante para aumentar sua rentabilidade.

Posts relacionados

Descubra o que é CMS e o que é um site administrável

Descubra o que é CMS e o que é um site administrável

Criar um site profissional ou para sua empresa é fundamental em qualquer área de atuação. Porém, quem trabalha como autônomo ou comanda uma micro ou pequena empresa pode achar difícil dar o primeiro passo. Porém, ao entender o que é CMS, isso se torna bem mais...

ler mais

Como acessar minha conta na CIELO pela primeira vez

Após abrir uma conta na CIELO para a API 3.0 é necessário fazer uma conta para acessar o painel deles. Nesse tutorial iremos mostrar como fazer isso pela primeira vez.Criando a conta de acesso na CIELODentro do painel da CIELO é possível acompanhar as transações...

ler mais
WhatsApp chat