Imagine a reação dos clientes ao perceberem que tiveram suas máquinas infectadas por um vírus ou seus dados pessoais expostos na internet. Para evitar esse problema, é comum buscar informações sobre como tornar um site seguro e com pouquíssimas vulnerabilidades.

A boa notícia é que, com algumas medidas simples, é possível mitigar a maioria dos riscos. Quer saber quais são essas melhores práticas e como adotá-las? Então, continue lendo e confira!

Hospedagem segura

O primeiro passo para a segurança de um site começa na hospedagem. Afinal, todos os arquivos de um site ficam hospedados em um servidor e utilizam um banco de dados. Logo, mesmo que você aplique todas as dicas abaixo, ao contratar um serviço de hospedagem que pouco investe em segurança, os esforços podem ser perdidos.

Pesquise as referências da empresa que hospedará o seu site. Avalie se a manutenção dada aos servidores e o suporte aos clientes são adequados para o nível de segurança pretendido por você. Por fim, consulte a opinião de clientes para garantir que a documentação apresentada pelo fornecedor é uma realidade.

Certificado SSL

O Secure Socket Laver (SSL) é a denominação de um padrão de segurança utilizado para criptografar todas as informações trocadas entre o navegador de internet e um site. Na prática, um certificado SSL realiza três processos:

  • valida a identidade do site informando ao navegador que aquele domínio passou por um rápido teste criptográfico e seu endereço é autêntico e seguro;
  • estabelece um canal sigiloso e confidencial, garantindo que somente o navegador do usuário e o servidor do site possam ler as informações trocadas entre eles;
  • assegura a integridade das informações, ou seja, não permite que elas sejam modificadas durante a comunicação.

Quando um domínio instala o certificado SSL, seu endereço deixa de usar o protocolo HTTP e recebe um S adicional, passando a ser HTTPS. A maioria dos navegadores também exibe um cadeado informando que aquele endereço é seguro.

Sistemas atualizados

As atualizações dos sistemas, plugins e aplicativos servem para disponibilizar novas funcionalidades, corrigir possíveis erros de desenvolvimento e eliminar vulnerabilidades detectadas. Ao não atualizar o sistema, as falhas de segurança ficam mais perceptíveis para os potenciais invasores. Muitas vezes, robôs são desenvolvidos para usar um erro conhecido e causar danos por meio dele.

Por isso, manter os sistemas e plugins utilizados pelo site atualizados não é um preciosismo, mas uma necessidade. Algumas empresas são especializadas em oferecer suporte para a aplicação constante dessas atualizações.

Backup

O backup é uma cópia de segurança de todos os arquivos utilizados na criação e atualização do site da empresa. Caso os arquivos originais sofram quaisquer tipos de alterações indevidas, como a infecção por vírus, o sequestro do servidor, ou um simples erro operacional, então, tudo poderá ser recuperado e reiniciado desde o ponto da última cópia.

Estabelecer uma rotina de backup é fundamental para evitar que grandes volumes de atualizações sejam perdidos, caso algum incidente exija a restauração dos arquivos. Antes de atualizações do sistema, ativação de novas funcionalidades ou plugins, também é recomendável fazer um backup.

Outras boas práticas

Além dessas principais rotinas, ainda poderíamos citar:

  • a utilização de senhas fortes, contendo letras maiúsculas, minusculas, números e caracteres especiais;
  • o uso de captcha para dificultar acessos de robôs ao site
  • e a aplicação de antivírus para prevenir infecções.

Essas outras 3 práticas também poderiam ser usadas para responder à questão sobre como tornar um site mais seguro.

Não basta criar layouts lindos e páginas rápidas e com boa navegação, também é necessário descobrir como tornar um site seguro e investir na aplicação das melhores práticas de segurança. Caso contrário, os visitantes de seu endereço na web podem se sentir inseguros e jamais retornar à sua empresa.

Você conhece outras técnicas e práticas que podem ajudar a tornar um site seguro? Compartilhe sua experiência deixando um comentário logo abaixo!

Posts relacionados

Quer criar um site para ONG? Veja 5 pilares essenciais

Quer criar um site para ONG? Veja 5 pilares essenciais

Criar um site para ONG é uma ótima alternativa para divulgar um trabalho social, manter registros sobre as atividades, expor o seu propósito para o mundo, além de — muito importante — conseguir doações nacionais e internacionais (por meio do Visa Checkout).A presença...

ler mais
Entenda a importância da manutenção de site e como fazer

Entenda a importância da manutenção de site e como fazer

Marcar presença on-line é uma ótima alternativa para as empresas que querem crescer e destacar-se na mente do consumidor. Criar um ótimo site é uma opção interessante para iniciar a trajetória digital da empresa. No entanto, é preciso ter atenção e cuidados na hora de...

ler mais
Aprenda como planejar um site eficiente aqui!

Aprenda como planejar um site eficiente aqui!

Navegando pela internet, você encontra vários anúncios prometendo sites perfeitamente eficientes em pouquíssimos cliques. Porém, mesmo com diversas qualidades, ele acaba não cumprindo seu papel. Isso porque a pressa em ter um site pronto sobrepõe a etapa mais...

ler mais
WhatsApp chat