FB
Grátis domínio, hospedagem e e-mail!

Autenticação de dois fatores: como proteger os seus dados

por | 02/02/24 13:29 | Notícias, Destaque, Google

A autenticação de dois fatores é uma medida de segurança essencial para proteger nossas contas online em um mundo cada vez mais conectado. Visto que, com o aumento constante de ameaças cibernéticas, é fundamental adotar métodos de proteção mais robustos que vão além das tradicionais senhas.

Por isso, neste artigo, exploraremos em detalhes o funcionamento da autenticação de dois fatores, os seus benefícios e mostraremos como implementá-la em diferentes dispositivos e serviços. Acompanhe!

O que é a autenticação de dois fatores?

A autenticação de dois fatores, também conhecida como autenticação de dois passos, é um método de segurança que requer a apresentação de dois elementos distintos para verificar a identidade do usuário.

Continue lendo

Autenticação de dois fatores: como proteger os seus dados
Ou seja, em vez de trabalhar com apenas uma senha no processo de login, a verificação em dois fatores vem e adiciona uma camada extra de proteção. Dessa forma, tornando mais difícil a vida dos invasores que tentarem acessar contas e informações confidenciais.

Os elementos principais da autenticação de dois fatores são:

  • Fator 1: geralmente é uma senha;
  • Fator 2: normalmente, um código único enviado por SMS, um aplicativo autenticador ou uma chave de segurança física
Ao combinar esses dois fatores, cria-se um sistema mais robusto e seguro.

Entenda como a autenticação funciona

O processo de autenticação de dois fatores geralmente ocorre da seguinte maneira: você ativa a autenticação no seu aparelho ou aplicativo e, consequentemente, toda vez que a sua senha for inserida em outro dispositivo ou quando você precisar fazer login novamente, será necessário inserir um código de verificação.

Como funciona a autenticação

Esse código pode ser enviado por SMS para o número de telefone registrado, gerado por um aplicativo autenticador (como o Google Authenticator ou o Authy) ou fornecido por uma chave de segurança física, como um token USB.

Independentemente do método utilizado, o objetivo é garantir que somente o proprietário da conta, que possui acesso ao fator 2, possa fazer login com sucesso.

A autenticação de dois fatores previne principalmente os seguintes tipos de ataques hackers:

Ataques de força bruta:

A autenticação dificulta os ataques de força bruta, nos quais os hackers tentam adivinhar senhas repetidamente até obter acesso. De modo que, ainda que a senha seja descoberta, o segundo fator de autenticação adiciona uma camada adicional de proteção;

Phishing:

É uma técnica em que os hackers tentam enganar os usuários para que revelem suas informações confidenciais, como senhas, por meio de páginas falsas ou e-mails fraudulentos. No entanto, com a autenticação de dois fatores, mesmo que um hacker obtenha a senha, eles não conseguirão acessar a conta sem o código de verificação;

Ataques de reutilização de senha:

Muitos usuários têm o hábito de reutilizar senhas em várias contas. Isso é perigoso, pois, se uma senha for comprometida em um serviço, os hackers podem tentar usar essa mesma senha em outras contas do usuário. A autenticação de dois fatores impede que os hackers acessem essas contas, pois eles não terão o segundo fator necessário.

Como fazer a autenticação de dois fatores?

Como dito anteriormente, a autenticação de dois fatores pode ser ativada tanto em sistemas de celulares quanto em aplicativos como Instagram, Facebook, etc.

A autenticação em sistemas de celulares, por exemplo, é feita através de suas contas de armazenamento como iCloud e Google Drive. Já em aplicativos, é preciso acessar suas configurações e ativar a proteção. Veja nos próximos tópicos o passo a passo detalhado de como fazer o processo de autenticação em sistemas Apple, Android e aplicativos.

Apple autenticação de dois fatores

Autenticação de dois fatores Apple

Para configurar a autenticação de dois fatores nos produtos Apple, siga estas etapas:

No iPhone ou iPad:

Acesse o aplicativo Ajustes e toque no seu nome, no topo das configurações;

Selecione Senha e Segurança;

Toque em Ativar Autenticação de Dois Fatores e siga as instruções na tela para concluir a configuração.

No Mac:

Clique no menu Apple no canto superior esquerdo da tela e escolha Ajustes do Sistema;

Clique no seu nome (ou ID Apple) e clique em Senha e Segurança;

Clique em Ativar Autenticação de Dois Fatores e siga as instruções na tela para concluir a configuração.

Ao realizar esse procedimento você adicionará uma camada extra de proteção nas contas: iCloud, Apple ID, App Store, iTunes e Apple Pay. Além disso, a autenticação ajuda a proteger suas informações de privacidade, como os dados de localização, as senhas armazenadas, as configurações de privacidade e as preferências do sistema.

Apesar disso, lembre-se sempre de manter seus dispositivos atualizados com as versões mais recentes do sistema operacional e siga as práticas recomendadas de segurança para proteger suas contas e informações pessoais.

Android autenticação de dois fatores

Autenticação de dois fatores Android

Para configurar a autenticação de dois fatores em celulares Android, basta seguir estes passos:

  • Abra as Configurações no seu celular Android;
  • Role para baixo e toque em Google;
  • Em seguida, toque em Conta Google ou no nome da sua conta, se estiver logado;
  • Toque em Segurança e role para baixo até encontrar a seção Como você faz login no Google;
  • Então escolha uma das opções sugeridas como um segundo fator: códigos de segurança, chaves de acesso, senha, telefone de recuperação ou e-mail de recuperação.
A autenticação de dois fatores em um celular Android é uma medida de segurança que protege várias informações pessoais e contas vinculadas ao dispositivo.

Ela engloba a proteção da sua conta do Google, dados de aplicativos, compras na Google Play Store, informações de pagamento e dados de privacidade armazenados no celular.

Autenticação de dois fatores via aplicativos

Para configurar a autenticação de dois fatores nos aplicativos Facebook, Instagram e WhatsApp, siga estas etapas:

Facebook:

Abra o aplicativo do Facebook no seu dispositivo;
Toque no ícone do menu no canto superior direito;

Desça a tela e entre na opção de Configurações;

Entre na seção Central de Contas Meta;

Em seguida, toque em Senha e segurança;

Depois, selecione a opção Autenticação de dois fatores;

Escolha a conta que deseja proteger e em seguida, digite a senha dela;

Clique em Continuar e escolha de qual forma deseja receber o código de verificação: por SMS, aplicativo autenticador ou chave física.

Instagram:

Abra o aplicativo do Instagram no seu dispositivo;
Toque no ícone do perfil no canto inferior direito;
Em seguida, toque no ícone do menu no canto superior direito (três linhas horizontais);

Clique em Configurações e Privacidade:

Acesse sua Central de contas Meta e clique no campo Senha e Segurança;

Na tela seguinte, clique na opção Autenticação de dois fatores;

Em seguida, selecione a conta do seu Instagram e configure como deseja receber o código de verificação.

WhatsApp:

Acesse o menu de configurações do WhatsApp;
Em seguida, toque em Conta;

Clique em Confirmação em duas etapas;

Toque em Ativar e insira um PIN de seis dígitos.

Opcionalmente, você pode adicionar um endereço de e-mail para recuperar o acesso caso esqueça o PIN.

Siga as instruções na tela para concluir a configuração.

Ferramentas de autenticação

Ferramentas de autenticação

Ao longo desse texto, você deve ter reparado que há três maneiras de receber o segundo código no processo de autenticação: é possível recebê-lo por SMS, aplicativo ou uma chave física.

Os aplicativos autenticadores fornecem vários códigos aleatórios que são modificados a cada 30 segundos. Como esses aplicativos não precisam de internet para funcionar e mudam constantemente os códigos, eles acabam sendo, portanto, mais seguros que os códigos enviados por SMS.

Para usar um aplicativo autenticador é preciso acessar o serviço que deseja proteger (como uma conta de YouTube, por exemplo), ir até suas configurações de login e segurança, ativar a autenticação de dois fatores e escolher receber o código via aplicativo.

Em seguida, o serviço deve gerar um QR Code e um código em números, a partir daí é só inserir o código em números no aplicativo autenticador que ele será o responsável por gerar o código de verificação daquele serviço.

Já as chaves físicas são dispositivos físicos que oferecem um método adicional de autenticação para proteger contas online e acessar serviços digitais. Essa chave é um dispositivo pequeno e portátil que se conecta ao computador ou dispositivo móvel por meio de uma porta USB, NFC ou Bluetooth.

Ela funciona gerando um código de autenticação único toda vez que é conectada ou pressionada pelo usuário. Para usá-la, o usuário precisa inseri-la ou pressioná-la no momento da autenticação, comprovando que ele é o detentor da chave e, portanto, a pessoa autorizada a acessar a conta. Isso torna a autenticação mais segura, pois mesmo que alguém conheça a senha, sem a posse física da chave, não poderá realizar o login.

Confira nos tópicos abaixo algumas boas opções de aplicativos e chave física!

Google Authenticator

O Google Authenticator é um dos aplicativos autenticadores de maior facilidade de uso; pois ele não limita a sua utilização somente a quem tem uma conta Google. Isto é, mesmo sem uma conta do Google, é possível instalar o aplicativo e aproveitá-lo normalmente.

Contudo, para quem faz uso dele através de uma conta Google (@Gmail), ele dá a possibilidade de salvar os códigos todos na nuvem, sincronizando-os sempre.

Google Authenticator

Em sua versão iOS é possível proteger seu acesso por meio do Touch ID ou Face ID, o que ainda não é possível em sistemas Android. O Google Authenticator tem uma interface simples e amigável e não necessita de muitas configurações.

Microsoft Authenticator

A Microsoft também tem um aplicativo de autenticação. De uma maneira geral, ele é muito semelhante ao Google Authenticator; mas também tem outras características próprias:

Microsoft Authenticator
  • A necessidade de uma conta Microsoft (o usuário precisa criar uma);
  • O armazenamento na nuvem de todas as chaves de autenticação;
  • A exigência de login e senha para entrar no aplicativo.

Authy

O aplicativo Authy realiza a mesma função que o Google Authenticator, porém para usá-lo é preciso vinculá-lo a um número de telefone. Sua interface também é diferente da do Google, em vez de apresentar os códigos em uma lista, ele apresenta os tokens em conjuntos de guias. Portanto, ele só apresenta um código por vez.

Authy Authenticator

Entre suas vantagens estão:

  • O backup/sincronização em nuvem;
  • O suporte para Apple Watch;
  • O acesso protegido (em todos os sistemas) por PIN, impressão digital ou Face ID.

Titan key

A Titan Key é uma chave de segurança física desenvolvida pelo Google para reforçar a autenticação de dois fatores e melhorar a segurança de contas online. Ela é uma chave USB que funciona como um dispositivo de autenticação adicional, ajudando a proteger contas contra acessos não autorizados.

Titan Key

Ela é protegida por um chip seguro que armazena as chaves de criptografia e realiza o processamento seguro dos dados de autenticação. A Titan Key pode ser usada para proteger o acesso a contas de e-mail, redes sociais, serviços de nuvem e muito mais.

Por que usar o Google Authenticator?

Em relação ao número de usuários, dada a superioridade dos serviços Google sobre as demais empresas, é uma consequência óbvia que o Google Authenticator seja também o aplicativo mais usado para realizar autenticação em dois fatores.

Contudo, para quem a ainda hesita em proteger-se com os recursos desse aplicativo, aqui vai uma série de motivos, que justificam a necessidade de usá-lo:

  • A sua utilização não depende de uma conta Google; pode-se fazer a sua instalação sem nenhuma conta.
  • Embora uma conta Google não seja um requisito obrigatório, quem passa a usar o app por uma conta do tipo Gmail.com, pode se beneficiar de ter os seus dados sincronizados com a nuvem.
  • O Google Authenticator protege diversos aplicativos e até mesmo sites. Pois através do plugin para o WordPress Google Authenticator, toda vez que um usuário logar no painel administrativo do WordPress será necessário digitar o código disponível no aplicativo;
  • O aplicativo possui interface fácil e amigável.
Benefícios da autenticação de dois fatores

Benefícios da autenticação de dois fatores

A autenticação de dois fatores traz benefícios significativos para a segurança das contas online. Já que, uma vez implementado esse método adicional de autenticação, você obtém uma maior segurança, protegendo sua conta contra todo e qualquer acesso não autorizado.

Além disso, esse método é relativamente fácil de configurar e usar, com muitos serviços online oferecendo suporte a esse recurso. E, ao mesmo tempo, adotando a autenticação, você fortalece a segurança de suas informações pessoais e digitais, garantindo que apenas você tenha acesso às suas contas online.

Soluções para sistemas web

A Link Nacional é especialista em serviços web, contamos com uma equipe de profissionais qualificados na área da tecnologia da informação, seja na criação e desenvolvimento de sites, na hospedagem de sites ou na criação de plataformas de doações. Clique no banner abaixo para saber mais!

Redação: Brenda Ponciano
Uma jornalista que viu nessa profissão a possibilidade de desbravar sua curiosidade por meio de diferentes matérias. Entusiasta da produção de conteúdos otimizados, é comprometida em produzir textos que sanem todas as dúvidas dos leitores.
5 4 votes
Vote no Artigo
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

DirectAdmin ou cPanel?

DirectAdmin ou cPanel?

Estratégia de conteúdo

Estratégias de conteúdo: domine as técnicas para crescer

Como evitar Spam no WordPress

Saiba como evitar comentários spam no WordPress
Como acessar um site fora do ar
Saiba como recuperar um site que saiu do ar

Como recuperar Instagram

Como restaurar Instagram hackeado em poucos passos

Como migrar site de hospedagem

Como migrar site de hospedagem

Últimas postagens

O que é uma hospedagem de site?

O que é uma hospedagem de site?

Saber o que é uma hospedagem de sites e como escolher o melhor prestador desse serviço é um conhecimento necessário para quem possui uma empresa que funcione...