Como personalizar páginas de erro pelo Cpanel?

Como personalizar páginas de erro pelo Cpanel?

As páginas de erro existem para alertar o internauta que ele está em uma URL com erro. Esse erro pode ser ocasionado por diversos motivos, os mais comuns são: solicitação incorreta, autorização obrigatória, proibido, não encontrado e erro interno de servidor. Essas denominações servem para diferenciar o tipo de erro encontrado pelo servidor e dar uma resposta rápida para o usuário. Por exemplo, se o usuário digitar uma URL incorreta ou inexistente aparecerá o erro 404, que é designado para as páginas não encontradas. Outro exemplo, caso o servidor esteja com um erro interno que impossibilite a exibição das páginas aparecerá o erro 500.

Todas essas páginas de erro são de vital importância para alertar sobre eventuais problemas no site. Que podem ser ocasionados por problemas internos ou também erros do próprio internauta. Os webmasters mais experientes costumam personalizar essas páginas, assim você pode inserir uma barra de busca, colocar a sua logo ou mesmo identificação visual do site. Essas personalizações são feitas em arquivos com a extensão “.shtml”.

Para acessar o recurso páginas de erro é necessário fazer o login no Cpanel ou painel de controle da sua conta de hospedagem da Link Nacional. Depois digite na barra de busca “páginas de erro” ou procure pelo ícone correspondente. Veja um exemplo na imagem abaixo:

Como selecionar domínio para gerenciar páginas de erro?

O primeiro passo a ser dado para gerenciar as páginas de erro é selecionar o domínio. Algumas contas de hospedagem existem diversos domínios estacionados ou mesmo redirecionamentos. Para esses casos é necessário escolher o domínio específico para qual deseja personalizar as páginas de erro. Para as contas de hospedagem que só tem um domínio vinculado basta selecioná-lo para seguir para a etapa seguinte. Veja um exemplo na imagem abaixo:

Como editar páginas de erro

Para editar as páginas de erro é necessário escolher qual o tipo de página que irá editar. Na aba “editar códigos de erros comuns” aparecem as principais páginas de erros. Que por estatísticas são as mais frequentes e por consequência requerem mais atenção. Veja a listagem das páginas mais comuns abaixo:

  • 400 (Solicitação incorreta)
  • 401 (Autorização obrigatória)
  • 403 (Proibido)
  • 404 (Não encontrado)
  • 500 (Erro interno do servidor)

Para editá-las basta clicar sobre qualquer uma delas e você será redirecionado para uma outra página. Na página seguinte é possível inserir tags pré-definidas pelo recurso ou mesmo personalizar a página em shtml. Veja no exemplo abaixo:

Todos os códigos de status de erros HTTP

Caso queira personalizar ou editar outros códigos de páginas de erro clique na aba “mostrar todos os códigos de status de erro http” e aparecerá uma listagem completa com todos os erros. Veja a lista completa abaixo:

  • 400 (Solicitação incorreta)
  • 401 (Autorização obrigatória)
  • 402 (Pagamento obrigatório)
  • 403 (Proibido)
  • 404 (Não encontrado)
  • 405 (Método não permitido)
  • 406 (Não aceitável)
  • 407 (Autenticação de proxy obrigatória)
  • 408 (Tempo limite de solicitação)
  • 409 (Conflito)
  • 410 (Abandonado)
  • 411 (Tamanho obrigatório)
  • 412 (Falha na pré-condição)
  • 413 (Entidade de solicitação muito grande)
  • 414 (URI de solicitação muito grande)
  • 415 (Tipo de mídia não compatível)
  • 416 (Intervalo de solicitação não atendido)
  • 417 (Falha na expectativa)
  • 422 (Entidade não processável)
  • 423 (Bloqueado)
  • 424 (Falha na dependência)
  • 500 (Erro interno do servidor)
  • 501 (Não implementado)
  • 502 (Gateway inválido)
  • 503 (Serviço indisponível)
  • 504 (Tempo limite de gateway)
  • 505 (Versão de HTTP não compatível)
  • 506 (Variante também negocia)
  • 507 (Armazenamento insuficiente)
  • 510 (Não estendido)
2017-03-30T17:29:35+00:00 Março 30th, 2017|Cpanel, Tecnologia|0 Comments

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
wpDiscuz

Recente