O fato de manter o site atualizado é importante para qualquer marca, pois os usuários sempre terão novidades ao acessar a página e ficarão com vontade de entrar sempre. Além disso, quando ele é constantemente reformulado, há garantias um bom ranqueamento em buscadores, como o Google.

Mas será que vale mais a pena atualizar site ou criar um novo? Para encontrar a resposta para essa pergunta, é preciso considerar uma série de fatores. Vejamos, neste post, quais são eles e saiba como tomar essa importante decisão!

Veja se o site tem uma boa velocidade

A velocidade também deve ser considerada ao reestruturar um site, pois as pessoas não têm paciência com sites lentos e que demoram muito tempo para ser carregados.

Por isso, uma página com muitas imagens pesadas na tela inicial, por exemplo, talvez deva ser reformulada, para que o carregamento seja mais rápido.

Observe a responsividade

Para saber se o ideal é atualizar o site ou criar um novo, um dos principais pontos a ser observado é a responsividade. São considerados sites responsivos aqueles que se adaptam a qualquer dispositivo, ou seja, se alguém fizer o acesso por meio de um smartphone ou tablet, precisa a mesma experiência que a de quem entra pelo computador, com uma tela grande.

Além disso, o Google já considera esse critério para ranquear nos resultados de buscas. Assim sendo, a responsividade é um fator crucial e se o seu site não for responsivo, um novo precisa ser criado.

Verifique o seu domínio

O domínio é o nome do seu site e precisa expressar o que seu negócio representa de forma muito curta. Os muito longos não são recomendados, tampouco os que usam hífens ou travessões para separar palavras.

Caso o seu domínio tenha alguma dessas características não recomendadas, convém comprar um novo nome e substituir na hospedagem do seu site.

Revise as técnicas de SEO

Para que o seu site apareça bem posicionado nos buscadores, é preciso que tenha boas técnicas de SEO. Uma delas, como comentamos, é a responsividade. Além disso, também existem muitas práticas que são textuais.

Sendo assim, revise todos os textos do seu site e verifique se eles trabalham com palavras-chave para ranquear melhor, por exemplo. Em caso negativo, podem ser reformulados.

Certifique se o seu site tem um CMS

O CMS nada mais é do que o gerenciador de conteúdo do seu site. Caso ele tenha sido criado no WordPress, por exemplo, a sua empresa poderá fazer alterações simples de texto e imagens sempre que for necessário, sem que seja preciso de uma equipe especializada em TI.

Portanto, se você não tem um site feito no WordPress, convém criar um novo, assim terá um CMS para fazer modificações futuras.

Seguindo essas observações, será possível decidir sobre atualizar site ou criar um novo, de acordo com as conclusões que chegar ao término desse estudo.

O conteúdo foi útil? Caso opte pela criação, leia o nosso artigo que fala sobre como montar um site gratuito.

O endereço do seu site é seguro

Os navegadores mais modernos apresentam uma mensagem de site “não seguro” na barra de endereço, quando o site não possui um certificado de SSL configurado. Atualmente um site com domínio seguro possui uma maior relevância em relação ao um site sem um certificado de segurança.

Posts relacionados

Como criar uma página em HTML e subir via cPanel

HTML é uma linguagem de marcação utilizada para o desenvolvimento de sites. Apesar de existir plataformas que facilita o desenvolvimento sem a necessidade de conhecimento de códigos, há quem se aventure em desenvolver sites escrevendo todo o código "na mão",...

ler mais
Curtiu?